Procura-se os Volvo mais antigos ainda em operação

Campanha da fabricante busca as primeiras unidades da produção de caminhão e ônibus em comemoração aos 40 anos da marca no País

Produção do Volvo N10 em Curitiba (PR) na década de 80 Crédito: Foto: Volvo

A Volvo colocou no ar campanha para encontrar os mais antigos caminhões e ônibus produzidos no Brasil que ainda estão em operação no País. Seriam, portanto, unidades das primeiras levas da produção do N10, introduzido por aqui em 1980, e do chassi B58, o primeiro veículo produzido na fábrica de Curitiba (PR), em 1979.

A ação faz parte das comemorações de 40 anos de produção da marca sueca no Brasil e pretende o engajamento dos seguidores da Volvo nas redes sociais para cumprir a missão.

A nova campanha segue iniciativa similar realizada no ano passado, quando a empresa foi bem-sucedida na procura pelo FH mais antigo em operação Brasil, ocasião na qual celebrou os 25 anos do lançamento da linha de caminhões.

Mais do que encontrar os veículos, a Volvo está atrás de exemplos de resistência no setor de transporte de carga e passageiros. “Por trás de cada veículo há muitas conquistas pessoais, familiares e histórias de empreendedorismo. E vamos novamente em busca disso, dessa vez com nossos veículos pioneiros”, resume em nota Alessandra Almada, gerente de marketing da Volvo. “Queremos achar um N10 e um B58 ainda em atividade, gerando resultados para seus proprietários.”

A Volvo conta que tanto o primeiro N10 quanto o primeiro B58 a saírem da linha de montagem têm paradeiros conhecidos. O caminhão faz parte do acervo histórico da marca, enquanto o chassi descansa em uma coleção particular.

O desafio segue até o fim de setembro. A marca orienta que fotos, vídeos e documentos ou quaisquer outras evidências que possam comprovar a história dos veículos ainda em circulação podem ser enviadas à Volvo por meio das páginas da marca no Facebook – www.facebook.com/volvocaminhoeswww.facebook.com/volvoonibus/ – ou Instagram. – www.instagram.com/volvocaminhoes e www.instagram.com/volvoonibus/


Notícias relacionadas