Notícias

Novos Volvo FH, FM e FMX já estão sendo produzidos no Brasil

Considerada um dos maiores lançamentos globais da Volvo, novos caminhões são feitos na fábrica de Curitiba, que recebeu várias atualizações

Redação

27 de out, 2021 · 5 minutos de leitura.

Novos Volvo FH, FM e FMX começam a ser produzidos no País" >
Novos Volvo FH, FM e FMX começam a ser produzidos no País
Crédito:Volvo/Divulgação
Novos Volvo FH, FM e FMX começam a ser produzidos no País

Os novos Volvo FH já estão sendo produzidos no Brasil. Com isso, a linha que é feita na planta de Curitiba passa a ficar em dia com a oferecida na Europa. Os novos caminhões foram lançados no País em junho de 2021. Da fábrica paranaense também sairão os modelos destinados a exportações para outros países da região.

Há cerca de quatro anos, essa nova linha de caminhões Volvo foi lançada na Europa. De acordo com o presidente do Grupo Volvo América Latina, Wilson Lirmann, trata-se de um dos mais importantes lançamentos da empresa. O volume de investimentos feitos no projeto comprova a afirmação.

Você também vai gostar de


Segundo informações da empresa, isso inclui boa parte do R$ 1 bilhão destinado à operação brasileira até 2022. As atualizações feitas na fábrica também entram nessa conta. Bem como a adaptação dos novos caminhões às necessidades da região. Conforme a marca, as primeiras unidades serão entregues antes do fim do ano.

Novos Volvo FX cresceram e ganharam equipamentos

Conforme a Volvo, a nova linha FX traz vários aprimoramentos em relação à linha anterior. Em primeiro lugar, as linhas da cabine ficaram mais arredondadas. Nos caminhões FM e FMX, o espaço interno ficou 1 m³ maior no caso das versões com teto alto. Além disso, a área envidraçada cresceu 10%, de acordo com informações da marca.

Além disso, há vários novos recursos para o motorista. Nesse sentido, os caminhões têm quadro de instrumentos 100% digital e configurável. Ou seja, as informações podem ser organizadas de acordo com a necessidade da operação. Ou com as preferências do condutor. No mesmo sentido, há sistema multimídia com tela de 9 polegadas sensível ao toque.

O dispositivo permite o espelhamento de smartphones. Bem como acesso a recursos de navegação e de telemetria. Também pode ser utilizado para reprodução de vídeos técnicos sobre o caminhão. Há ainda o I-See, nome da solução disponível em modelos da Volvo que visa, entre outras coisas, a redução do consumo de combustível.

Maior eficiência na produção

Para isso, o equipamento utiliza vários recursos eletrônicos. Como, por exemplo, o navegador GPS e programas do câmbio automatizado. Portanto, mesmo ao passar pela primeira vez por uma via, o sistema antecipa informações da topografia à frente. Assim, pode descer ou subir marchas de modo automático. Como resultado, a Volvo promete redução de até 5% no consumo de diesel.

Na fábrica de Curitiba, as principais atualizações dizem respeito à digitalização. Assim, há novos sistemas de controle nas linhas de produção de chassi, cabine, motor e transmissão. Portanto, dá para acompanhar detalhes de todas as partes do processo de montagem. Além disso, a unidade recebeu equipamentos mais modernos.

Agora, há apertadeiras eletrônicas em vez de pneumáticas, por exemplo. De acordo com a Volvo, isso melhorou a qualidade e precisão do aperto dos cerca de 4 mil parafusos presentes nos caminhões. Além disso, houve melhoria nas condições de trabalho dos operadores. Há ainda novos robôs que atuam na montagem do painel de instrumentos e no controle da aplicação de selante, entre outros.