Novos Jumper e Boxer estão na área

Citroën e Peugeot iniciam as vendas dos furgões que completam a gama de comerciais leves das marcas francesas

Nova geração da Peugeot Boxer Foto: Peugeot

Começou a desembarcar na rede de concessionárias a nova geração dos furgões Citroën Jumper e Peugeot Boxer com preço promocional de lançamento de R$ 117.171. Após o fim da campanha, o valor sobe para R$ 139.490. Os modelos completam a linha da utilitários das marcas da PSA ao se juntarem com o pequeno Berlingo e o médio Jumpy, no caso da Citroën, e o Partner e o Expert, da Peugeot.

Iguais em tamanho, capacidade, atributos e aparência – diferenciam-se somente pelo logotipo das marcas na dianteira – Jumper e Boxer são furgões para atender segmentos da distribuição de carga urbana ou mesmo aplicações rodoviárias de curtas. Os modelos atuam em categoria de 3.500 quilos de peso bruto total (PBT) e entregam capacidade para até 1.667 kg que carga útil.

A nova geração de furgões que chega ao Brasil está em linha com a oferta da Europa, mercado onde as marcas disputam a liderança no segmento comerciais leves. Para enfrentar a realidade brasileira, os modelos ganharam reforços na suspensão, como também 10 milímetros a mais de distância em relação ao solo se comparado aos produtos europeus.

Pensado para oferecer mais espaço para carga e facilitar as operações de distribuição, os novos furgões trazem porta lateral deslizante de 1,56 metros que permite carregamento por meio de empilhadeiras. Nas portas traseiras, o ângulo de abertura é de 270°, o que também favorece as movimentações ao redor do veículo.

No compartimento de carga, as medidas internas, segundo as marcas, são diferenciais do segmento de furgões grandes, com distâncias entre as caixas de rodas de 1,42 m e largura de 1,87 m. O espaço total providencia uma capacidade para 13 m³.

Jumper e Boxer são equipados com o motor 2.0 Turbo Diesel BlueHDi que desenvolve 130 cv a 3.500 rpm e torque máximo de 34,7 kgfm a 1.750 rpm, valores que prometem agilidade para as aplicações urbanas. O câmbio é manual de 6 marchas. O conjunto, de acordo com as marcas, entrega o menor consumo de combustível da categoria, ao fazer 9,5 km/l na cidade e 9,6 km/l na estrada.

Por dentro, os novos furgões privilegiam praticidade e conforto para enfrentar para enfrentar o trânsito. O banco do motorista tem descanso de braço, a cabine conta mais de dez porta-objetos, o que inclui um nicho de 22 litros na parte superior, dois porta-luvas, um deles com chave, controle elétrico dos retrovisores externos e dispositivo no console que se transforma em uma mesinha. De acesso fácil ao motorista ainda se encontram duas tomadas, uma delas USB, comando de travamento das portas e ar-condicionado.

Como itens de segurança que também contribuem com mais eficiência e produtividade ao negócio de distribuição, os novos Jumper e Boxer saem de fábrica com controles eletrônicos de estabilidade e tração, além de assistente de partida em rampa.

Os modelos é mais um passo da PSA Peugeot Citroën em sua estratégia de crescimento no mercado de veículos comerciais leves na América Latina. A ofensiva baseada em produto, mas também fortemente em serviços. Os programas Compromisso Citroën Pro e Peugeot Total Care Pro foram desenvolvidos especialmente para atender aos clientes de veículos comerciais.

De maneira resumida, os pacotes se comprometem com transparência no preço, revisões agendadas com entrega do veículo no mesmo dia, veículo reserva caso o reparo leve mais de quatro dias e facilidades no pagamento.

Citroën Jumper


Notícias relacionadas