Notícias

Navistar demitirá metade dos funcionários de fábrica nos EUA

Para vender a fábrica de Ilinois, Navistar demite 250, dos 500 funcionários que operavam na planta de motores

Andrea Ramos

15 de jan, 2021 · 4 minutos de leitura.

Navistar Demissão" >
Navistar demissão
Crédito:Navistar/Divulgação
Navistar demite 250 funcionários nos EUA

A Navistar vai demitir 250 dos 500 funcionários da fábrica de Ilinois, nos Estados Unidos. O anúncio ocorre menos de uma semana depois de a Ford iniciar o fechamento de suas plantas no Brasil.

De maneira idêntica, esses movimentos têm a ver com a transição de motores a diesel para outras opções de propulsão mais eficientes. Ou seja, menos poluentes.

Seja como for, a decisão da Navistar faz parte de um plano antigo. E prevê o fechamento das atividades da unidade localizada na cidade de Melrose Park. Em 2018, a empresa já havia demitido 170 funcionários da planta de Illinois.

O corte de pessoal tem a ver com a redução na demanda por motores a diesel. Da mesma forma, a consolidação do processo de transição para propulsores mais eficientes agravou a situação.

Fábrica será fechada até o fim do ano

Os outros 250 empregados vão ser transferidos, segundo a Navistar. Ou seja, continuarão trabalhando, mas em outras fábricas da empresa.

Em agosto de 2020, a Cummins assinou um contrato de fornecimento de motores para caminhões e ônibus médios e pesados ??da Navistar. As entregas devem ocorrer até 2026. Portanto, dentro dos dois novos ciclos do programa de controle de emissões dos EUA.

A planta fica a cerca de 25 km de distância da sede da empresa, no subúrbio de Lisle, em Chicago. Espera-se que a venda da propriedade seja concluída até o fim de 2021.

Novos rumos para a Navistar

Logo a Navistar se tornará parte do Grupo Traton. A holding é controlada pela Volkswagen. Em novembro de 2020, a empresa alemã comprou a norte-americana. O negócio foi fechado em novembro por US$ 3,7 bilhões. Ou seja, cerca de R$ 19,2 bilhões na conversão direta.

?Dadas as mudanças da Navistar e da indústria, não faz mais sentido manter uma instalação desse tamanho?, diz o presidente de operações da Navistar, Phil Christman, por meio de comunicado.

No entanto, mesmo com o anúncio do fechamento, as ações da Navistar não perderam valor. Ou seja, estão cotadas a US$ 43,97.

?Manter Melrose Park desviaria recursos que serão destinados à novas tecnologias e desenvolvimento de produtos", afirma Christman. De acordo com ele, é preciso preparar a empresa para o futuro.

Continua depois do anúncio

Demissões custarão US$ 85 milhões

Com isso, a Navistar desembolsará US$ 85 milhões para custear as demissões. Segundo a empresa, US$ 63 milhões correspondem aos encargos relacionados aos cortes de pessoal.

?Estamos confiantes de que a venda de Melrose Park vai estimular a geração de emprego e renda na comunidade. E isso vai resultar em novas oportunidades econômicas", diz o presidente e CEO da Navistar, Persio Lisboa.