Redação:

Lenarge compra 200 caminhões Volvo FH

A Lenarge, que comprou 200 Volvo FH para renovação e ampliação da frota, vem registrando alta no volume de carga transportada e aposta na recuperação

Lenarge compra 200 caminhões Volvo após se recuperar da crise
Crédito: Volvo/Divulgação

A Lenarge Transportes e Serviços, sediada em Sabará (MG), acaba de comprar 200 caminhões Volvo FH. A empresa está renovando e ampliando sua frota que passará a ter 760 veículos. Do total, 95% serão da marca Volvo. A aquisição dos 200 caminhões foi viabilizada por meio da Volvo Financial Services.

Os novos caminhões serão entregues até dezembro e farão o transporte de granéis sólidos, foco da transportadora. A Lenarge opera nos segmentos de mineração, siderurgia, cimento e celulose. A empresa atua nos Estados de Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Goiás. E também tem operações em regiões do Nordeste do País.



Compra dos 200 Volvo FH sinaliza recuperação

Após paralisar parte de suas operações e margar queda de 10% nas receitas no início da pandemia, a transportadora vem percebendo sinais de recuperação. E mostra retomada do crescimento do volume de transportos.

De janeiro a junho de 2020, os caminhões da empresa transportaram 4,3 milhões de toneladas. Esse volume é ligeiramente superior às 4,15 milhões de toneladas transportadas no mesmo período de 2019.

No primeiro semestre deste ano, a frota da empresa rodou 25 milhões de quilômetros. Essa é a mesma distância percorrida de janeiro a junho do ano passado. “Estamos otimistas. Devemos superar os números de 2019, com uma evolução de 10%”, prevê o diretor-presidente da Lenarge, Márcio Afonso de Moraes.

O executivo estima que em 2020 a Lenarge transportará nove milhões de toneladas. E percorrer cerca de 50 milhões de quilômetros.

A Lenarge tem boas razões para apostar na recuperação. E até mesmo no aumento dos volumes. As grandes empresas de mineração, siderurgia, cimento e celulose que formam a carteira de clientes da empresa foram beneficiadas pela valorização do dólar ante o real.

A produção das fábricas brasileiras, que caiu no início do ano, vem se recuperando e dá sinais de expansão. Além da valorização da moeda americana, contribui com isso o aumento do preço de algumas comodities.

Contratação de motoristas

O cenário favorável estimulou a Lenarge a contratar mais motoristas. Com a compra dos 200 novos caminhões da Volvo, há vagas disponíveis no quadro de colaboradores da empresa.

A empresa precisará de motoristas para dirigir pelo menos metade dos 200 novos caminhões. “Temos uma política de investimentos contínuos e as contratações fazem parte dessa política”, diz Moraes.

Volvo FH foi escolhido pela segurança e disponibilidade

A companhia atua em operações de transporte de curtas, médias e longas distâncias. Leva produtos das minas e fontes de abastecimento aos terminais portuários. A partir daí, a carga é exportada para os principais mercados mundiais.

E, por transportar para grandes embarcadores, a empresa precisa de caminhões que ofereçam disponibilidade e segurança. Por isso, segundo o diretor da Lenarge, a escolha recaiu sobre os caminhões da Volvo.

“Nossos veículos são regularmente substituídos. Com isso mantemos alta disponibilidade, grande produtividade e reduzirmos os custos com manutenção”, diz Moraes. Ele afirma que a Lenarge é cliente da Volvo há 20 anos, quando comprou o primeiro FH.

Os 200 caminhões da Lenarge serão entregues até dezembro deste ano

Telemetria e manutenção de frota

Moraes explica que o transporte de granéis sólidos é um negócio altamente profissionalizado, muito competitivo e com margens reduzidas. Segundo ele, para crescer na área é preciso ter custos baixos, alta produtividade, eficiência administrativa e rígido controle operacional.

Por isso a empresa utiliza o sistema de gerenciamento de frota Dynafleet da Volvo. Com essa ferramenta, a Lenarge conseguiu reduzir as despesas com combustível em até 8%.

A Lenarge também investiu na manutenção programada. Os novos caminhões contam com o Plano de Manutenção Ouro da Volvo. Trata-se do nível mais completo de serviço e inclui todas as manutenções preventivas e corretivas.

Ao contratar o programa, as despesas ficam restritas aos pneus, custos com motoristas e combustível. A transportadora adquiriu também o Voar (Volvo Atendimento Rápido), que opera 24 horas por dia. Esse serviço inclui atendimento preferencial na rede de concessionárias da marca.

“A Lenarge é uma tradicional cliente da Volvo e sempre foi muito profissional e exigente. Por isso ficamos muito felizes com a consolidação dessa parceria e com a escolha do caminhão FH”, diz o diretor-executivo de caminhões Volvo no Brasil, Alcides Cavalcanti.

Notícias relacionadas