Notícias

Ticket Log lança índice diário de preços do diesel

Pelo site é possível acompanhar se há tendência de aumento ou queda dos preços do diesel e, ainda, ter uma visão da média anterior e registros das médias dos últimos três dias

Aline Feltrin

14 de dez, 2020 · 6 minutos de leitura.

diesel" >
Crédito:Foto: Pixabay

No site da Ticket Log, frotistas, transportadores e caminhoneiros autônomos podem checar o preço médio do litro do diesel. Há cotações do diesel comum e do S-10. Para apurar os valores, a empresa de gestão de frota e pagamento de combustível apura preços de cerca de 18 mil postos do Brasil.

Agora, é possível acompanhar se há tendência de alta ou queda dos preços de combustíveis. E também checar o valor médio dos últimos três dias.

Você também vai gostar de


Também dá para comparar os valores médios mês a mês. Segundo informações da Ticket Log, o levantamento é feito a partir de uma base de dados com 1 milhão de veículos. Uma parte (a empresa não revelou qual) é formada por caminhões e ônibus.

Clientes da Ticket Log gastam, em média, R$ 2,7 mil com diesel

A Ticket Log informa que seus clientes gastam, em média, R$ 2.698,32 com diesel comum por mês. No caso do S-10, o gasto médio mensal é de R$ 3.731,87.

O índice IPTL, incorporado à nova ferramenta eletrônica, é apurado há dez anos pela empresa. IPTL é a sigla de índice mensal de preços de combustíveis levantados. A apuração é feita com base nos abastecimentos realizados nos postos credenciados da Ticket Log

Os dados diários podem ajudar o caminhoneiro, frotista e transportador na gestão do negócio. A informação é do responsável por mercado urbano da divisão de Frotas e Soluções de Mobilidade da Edenred Brasil, Douglas Pina. A empresa é dona da Ticket Log.

?O IPTL já vem sendo utilizado há anos para trazer mais previsibilidade dos gastos. Sendo possível fazer um controle melhor das informações e dos custos de cada empresa ou pessoa física?, diz Pina

Diesel representa até 40% do custo mensal com o caminhão

Para o assessor técnico e engenheiro de transporte da NTC&Logística, Lauro Valdivia, ferramentas como essa garantem melhores condições para negociar o frete. ?O transportador consegue perceber se há uma tendência de aumento para repassar o percentual ao custo”, diz.

Segundo Valdívia, o diesel representa até 40% do custo mensal do caminhão. ?Os maiores gastos são com combustível e mão de obra. Quando o veículo roda muito, o diesel é o gasto mais relevante?, diz.

O preço do diesel vem caindo desde o início da pandemia do novo coronavírus. De janeiro a novembro, os valores médios do litro do combustível acumulam queda de cerca de 7%. Mas estão começando a  apresentar tendência de alta.

?Tivemos um anúncio de aumento de 5% para o diesel. E podemos estimar que, para dezembro, deva ocorrer alta entre 2% a 5% no preço do combustível?, diz Pina. A estimativa é que no início de 2021 os valores sejam similares aos praticados nos primeiros meses de 2020.

Continua depois do anúncio

Preço do Diesel varia até 17% em novembro

Segundo o índice de preços da Ticket Log, o preço do diesel varia até 17% nos Estados cortados pela BR-101. O menor valor médio apurado (R$ 3,321) foi no Rio Grande do Sul. O maior foi no Pará, com média de R$ 3,896.

Houve aumento também na diferença porcentual dos preços. No mesmo período do ano passado, a diferença máxima entre os preços nos postos da BR-101 era de 13%.

No comparativo entre as regiões do Brasil, a Norte apresenta os preços mais altos. Tanto para o preço do litro do diesel comum quanto para o do diesel S10. Os valores médios apurados na região foram de R$ 3,986 e R$ 4,028, respectivamente.

A região Sul é a que apresenta os valores mais baixos do País. O preço médio do diesel comum era de R$ 3,404. No caso do diesel S10, a média de preço é de R$ 3,459.