Notícias

Ford Transit chega à marca de 1 milhão de vendas nos EUA

Ford Transit soma 1 milhão de unidades vendidas no mercado norte-americano, onde mantém a liderança do segmento desde 2015

Redação

13 de jul, 2021 · 4 minutos de leitura.

Ford Transit conquista os Estados Unidos" >
Ford Transit conquista os Estados Unidos
Crédito:Ford/Divulgação
Ford Transit conquista os Estados Unidos

O Ford Transit acaba de alcançar a marca de 1 milhão de unidades vendidas nos Estados Unidos. Assim, a fabricante manteve a liderança de vendas do segmento. Ou seja, posição conquistada em 2015, um ano depois do lançamento no mercado norte-americano.

Assim, nos EUA foram vendidas 68,5 mil unidades em 2021. De acordo com números divulgados pela fabricante referentes ao primeiro semestre.

Em outras palavras, a Ford Transite detém 33% de participação das vendas do segmento. Da mesma forma, a marca registrou 9,6% de alta nas vendas de utilitários. Ou seja, juntando os emplacamentos das Séries E, F e Ranger.

Ford Transit voltará ao Brasil

Seja como for, a Ford Transit não faz sucesso somente nos EUA. Segundo dados da marca, o modelo também lidera as vendas na Europa. De acordo com a fabricante, mais de 10 milhões de unidades foram feitas no mundo todo.

Da mesma forma, o Brasil deverá contribuir com as vendas da Ford Transit em breve. Ou seja, a marca já confirmou que relançará o modelo no País. Segundo a empresa, a linha será feita no Uruguai. Nesse sentido, a produção será em parceria com Nordex.

Como resultado, será a segunda vez que o modelo é oferecido no País. Anteriormente, a Ford Transit foi vendida no Brasil de 2008 a 2014, importada da Turquia. A linha tinha duas opções de motor, ambos movidos a diesel.

Ford Transit voltará ao Brasil

Logo, a Ford aposta no crescimento das vendas do segmento de vans e furgões. Sobretudo por causa do avanço do comércio eletrônico, que ganhou força no último ano. Assim, essas devem ser as versões que a marca venderá no mercado brasileiro.

Portanto, a volta da linha ao Brasil deve ocorrer ainda em 2021. Seja como for, as configurações para os mercados da América do Sul ainda são uma incógnita. Tampouco há informações sobre o trem de força do novo modelo.

Seja como for, em outros mercados o modelo tem várias opções de motor. Assim, o mais potente é um 3.5 V6 a gasolina de 279 cv de potência. Há ainda um 2.0 turbodiesel que gera de 170 cv a 213 cv. Da mesma forma, há transmissão manual de seis marchas e até uma automática de dez velocidades.

Contudo, não há previsão do lançamento da versão elétrica na região. Essa configuração já é vendida em mercados da Europa, por exemplo.