Redação:

Em São Paulo, 30 de junho é dia do caminhoneiro

Hoje é dia do caminhoneiro no Estado de São Paulo; apesar de a profissão ser pouco valorizada, a categoria tem três datas para comemorar

Hoje é dia de celebrar o caminhoneiro em São Paulo
Crédito: Volvo/Divulgação

No Brasil o dia do caminhoneiro é celebrado em três datas diferentes. Isso porque a atividade está longe de ter o reconhecimento merecido. No Estado de São Paulo, o dia do caminhoneiro é celebrado em 30 de junho. Portanto, nesta-terça-feira o Estradão manda um abraço pra todos os profissionais que movem esse grande país..

A data comemorada em São Paulo foi instituída em 30 de junho de 1986, pelo então governador do Estado, Franco Montoro. Está na lei estadual nº 5.487.

LEIA TAMBÉM: Caminhoneiros mudam hábitos por causa da covid-19

Pesquisa feita pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) revelou que um quarto dos caminhões do Brasil estão registrados em São Paulo. Faz sentido. Afinal de contas, o Estado é um importante pólo de produção industrial e centro de movimentação de mercadorias.

Aliás, 70% de todos os procutos que circulam no Brasil são transportados em caminhões. O que torna a profissão de caminhoneiro uma atividade essencial.

Caminhoneiro celebra dia de São Cristóvão

A data mais importante e reconhecida pelos caminhoneiros como sendo o seu dia é 25 de julho. Esse é o dia de São Cristóvão, o santo padroeiro dos motoristas profissionais.

O santo é venerado por católicos romanos, ortodoxos e umbandistas. Por isso a data é marcada por eventos e manifestações religiosas em várias partes do País.

A história de São Cristóvão remonta o Século III. Sua canonização ocorreu no século XV. Reprobus, seu nome de batismo, ajudava as pessoas a cruzar um rio perigoso. Certo dia, ao fazer a travessia de uma criança, sentia que ela ficava cada vez mais pesada, “como se o mundo inteiro estivesse sobre seus ombros”. Ao chegar do outro lado, a criança revelou ser Jesus Cristo. Daí vem o nome Cristóvão, que significa “aquele que carrega Cristo”.

Por essa razão, o santo é considerado padroeiro de todos os transportadores. isso inclui os caminhoneiros, motoristas de ônibus e taxistas, por exemplo.

A terceira data em que o caminhoneiro é celebrado é 16 de setembro. Trata-se do Dia Nacional do Caminhoneiro, instituído por meio da lei federal 11.927, de 17 de abril de 2009. O decreto foi assinado pelo vice-presidente no exercício do cargo de presidente da República, José de Alencar Gomes da Silva.

Notícias relacionadas