Redação

29/01/2021 - 6 minutos de leitura.

Delivery Express+ é a nova versão mais equipada do Volkswagen

Delivery Express+ chega mais segura. E ganha controle de estabilidade, controle de tração e auxílio para partida em rampa

Delivery Express+
Delivery Express+ Crédito: VWCO/Divulgação

Delivery Express+ é o nome da versão mais equipada do modelo da Volkswagen Caminhões e Ônibus (VWCO). Nesse sentido, o caminhão vem de série com controles eletrônicos de estabilidade (ESC) e tração (ATC). Assim, como auxílio para partida em rampa (HSA).

O Delivery Express+ tem preço sugerido a partir de R$ 179.205,30. Ou seja, é R$ 2.800 mais caro que a versão de entrada na linha.

Segundo a engenharia da VWCO, o destaque do Delivery Express+ é justamente o pacote de segurança. A nova opção atenderá uma demanda criada com a alta do comércio eletrônico.

LEIA TAMBÉM: Volkswagen elétrico e-Delivery terá lançamento em breve

Nesse sentido, foca “empreendedores interessados em ter uma logística própria com um caminhão mais robusto. Mas com a facilidade de condução de um automóvel.” Segundo o vice-presidente de vendas, marketing e pós-vendas da VWCO, Ricardo Alouche.

Delivery Express+ aposta na segurança

O controle eletrônico de estabilidade (ESC) reduz o riso de derrapagens. Nesse sentido, monitora a rotação das rodas e atua em caso de perda de aderência. Logo, pode evitar a perda do controle da direção. Sobretudo em piso molhado, por exemplo.

Para isso, o sistema atual em conjunto com os freios ABS e o controle eletrônico de tração (ATC). Além disso, o Delivery Express+ tem sensores que monitoram a trajetória do veículo em tempo real.

Assim, aciona automaticamente o freio da roda que perder aderência. Com isso, pode ajustar o envio de torque até que o caminhão volte a ter aderência total.

Segundo informações da VWCO, o caminhão foi testado sob condições severas. Nesse sentido, os testes foram feitos no norte do Estados Unidos, sob neve e gelo.

Saídas de rampa sem sustos

Da mesma forma, de olho na segurança o Delivery Express+ traz auxílio de partida em rampa. Ou seja, mantém o caminhão parado por até quatro segundos depois de o motorista tirar o pé do freio.

O dispositivo funciona de forma automática. Nesse sentido, atua em ladeiras com inclinação superior a 5%. Assim, facilita arrancadas nas subidas.

Bem como marcha à ré ou em declives. Logo, o sistema evita que o Delivery Express+ volte em sentido contrário ao da marcha.

Caminhão que se parece com automóvel

Além disso, o Delivery Express+ tem eixo traseiro Dana 267. Segundo a VWCO, esse componente é mais robusto e garante maior versatilidade ao caminhão.

A nova opção está disponível com com distância entre os eixos de 3.000 mm e 3.600 mm. Assim também há plataformas de carga de até 4,2 metros. O Delivery Express+ pode ainda vir de fábrica dom implemento do tipo baú ou carga seca.

O caminhão é voltado a operações urbanas. Por isso, tem tem rodado simples no eixo traseiro. Em suma, pode ser dirigido por motoristas com Carteira Nacional de habilitação (CNH) de categoria “B”. Logo, paga a mesma tarifa de pedágio de automóveis.

Caminhão que se parece com automóvel

Da mesma fora, o Delivery Express+ pode circular em áreas de restrição para veículos de carga. Isso porque ele é classificado como modelo de uso comercial. Portanto, está sujeito apenas às regras de rodízio municipais, como as da cidade de São Paulo.

O caminhão tem moto Cummins ISF turbodiesel de quatro cilindros e 2,8 litros. A potência é de 150 cv a 3.500 rpm e o torque é de 36,7 mkgf entre 1.500 e 2.800 rpm.

A transmissão manual de cinco velocidades é a Eaton/ESO 4106. O peso bruto total (PBT) é de 3.500 kg. Já o peso bruto total combinado (PBTC) pode ser de 4.200 kg (pneus 205) e 4.400 kg (pneus 225).

Atualizada às 18h03

Notícias relacionadas