Delivery 11.180 dispara na liderança de caminhões médios

Modelo conquista o topo dos mais vendidos da categoria em menos de um ano depois que começou a ser distribuído na rede

O médio Delivery 11.180 é a nova pedra no sapato da concorrência Crédito: Foto: VW Caminhões e Ônibus

Integrante da nova família Delivery da Volkswagen Caminhões e Ônibus, apresentada em setembro do ano passado, o 11.180 assume posição isolada na liderança da categoria de caminhões médios. De acordo com os números de emplacamentos consolidados pela Fenabrave, federação que representa o setor de distribuição de veículos no País, o modelo acumulou 1.348 unidades vendidas de janeiro a agosto, encerrando o período com 36% de participação em segmento com 3.747 unidades negociadas.

O desempenho coloca o Delivery 11.180 no topo da lista dos mais vendidos da categoria com uma vantagem de 540 unidades em relação ao vice-líder, o Ford Cargo 1119, com 808 caminhões emplacados nos mesmos oito primeiros meses do ano.

O representante da Volkswagen Caminhões e Ônibus aparece pela primeira vez na liderança do segmento em maio, apenas oito meses depois de começar a ser distribuído na rede de concessionárias da marca, em outubro de 2017. Em apenas quatro meses, depois alcançar o topo do ranking da categoria, suas vendas avançaram pouco mais de 42%, de 176 unidades vendidas em maio, para 251 caminhões, em agosto.

Indicado para cumprir tarefas de entregas urbanas ou mesmo aplicações rodoviárias de curtas e médias distâncias, o Delivery 11.180 tem peso bruto total de 10.700 kg. A fabricante possibilita a entrega a partir de quatro distâncias entre eixos, o que proporciona capacidade de carga útil de 7.300 kg a 7.450, além de permitir instalar plataformas de carga de até 6,5 metros de comprimento. O modelo foi um dos escolhidos para compor recente lote de 222 unidades de caminhões da marca para a frota da Cervejaria Cidade Imperial Petrópolis, na qual atuará no transporte de bebidas.

O Delivery 11.180 funciona com motor 3,8 litros da Cummins que desenvolve 175 cv a 2.600 rpm e torque de 61,2 kgfm de 1.100 a 1.600 rpm associado a uma caixa de câmbio manual de 6 marchas da Eaton. A Volkswagen, entanto, já adiantou que a prepara versão do modelo equipado com câmbio automatizado, atualmente em fase de teste na mão de clientes.


Notícias relacionadas