Você está lendo...
Daimler Trucks interrompe cooperação com a fabricante russa Kamaz
Mercado

Daimler Trucks interrompe cooperação com a fabricante russa Kamaz

Por causa da guerra na Ucrânia, Daimler Trucks encerra parceria de mais de 10 anos com a Kamaz, fabricante russa de caminhões

Redação

01 de mar, 2022 · 3 minutos de leitura.

Daimler Trucks interrompe cooperação com a Russa Kamaz
Daimler Trucks interrompe cooperação com a Russa Kamaz
Crédito:Daimler Trucks/Divulgação
Daimler Trucks interrompe cooperação com a Russa Kamaz

O impacto da guerra na Ucrânia já atinge a indústria de veículos comerciais. Nesse sentido, a Daimler Trucks, dona da Mercedes-Benz, encerrou a joint venture com a Kamaz. Assim, deixa de fornecer peças e componentes para a gigante russa.

Vale ressaltar que a parceria entre o grupo alemão e a companhia russa existia há mais 10 anos. E rendeu bons frutos. Para se ter ideia, em 2021 as companhias registraram a produção do caminhão 25 mil na fábrica da cidade russa de Naberezhyne Chelny.  

LEIA TAMBÉM
Mercedes-Benz e Scania são afetadas pela falta de semicondutores


Contudo, a produção na linha de montagem foi imediatamente interrompida. "Tendo em vista os acontecimentos dos últimos dias, houve a decisão de encerrar as atividades comerciais na Rússia com efeito imediato até novo aviso. E a decisão será revista regularmente. E a Daimler Truck seguirá todas as medidas do governo alemão e da União Europeia (EU)", diz o comunicado da montadora alemã. 

Kamaz é uma gigante Russa

Daimler Trucks interrompe cooperação com a Russa Kamaz
Kamaz/Divulgação

Inaugurada em 1976, a Kamaz é a principal fabricante de veículos comerciais da Russia. Seja como for, vale ressaltar que a cooperação da Daimler com a Kamaz envolvia apenas a produção de caminhões de uso civil. Ou seja, na joint venture Daimler Kamaz Rus eram feitos apenas caminhões e cabines de uso civil da Mercedes-Benz. Assim, os veículos de Rally da Kamaz utilizam a cabine do Actros.


Entretanto, vale ressaltar que a Kamaz produz veículos de uso militar. E exporta para diversos países, inclusive na América Latina. A Daimler Trucks possui 15% da Kamaz Trucks. Já o restante das ações está nas mãos do governo russo, bem como de bancos estatais. No comunicado, a Daimler Trucks diz que a empresa defende a cooperação global pacífica. "Rejeitamos categoricamente qualquer forma de força militar". 

Deixe sua opinião