Andrea Ramos

18.08.2020 | 19:54

Novo DAF XF105 chega ao Brasil de olho na liderança de vendas

DAF XF105 chega ao Brasil com novos visual, câmbio, motor até 14% mais econômico e além de mais equipamentos e avançados sistemas eletrônicos de segurança

DAF XF chega mais preparado para ser líder de mercado
Crédito: DAF/Divulgação

A nova geração do caminhão DAF XF foi lançada nesta terça-feira (18) no Brasil. O caminhão feito em Ponta Grossa, no Paraná, ganhou atualizações no visual, mais equipamentos, motor 20 cv mais potente e nova transmissão. Os executivos da marca não revelaram os preços do novo modelo, que já está disponível nas 37 concessionárias do País. Ainda há unidades da linha anterior disponíveis no estoque.

Entre os destaques estão os novos motores de seis cilindros com turbo. Trata-se do Paccar MX-13 de 12,9 litros. A opção de entrada na linha gera 480 cv de potência é 255 mkgf de torque a partir de 900 rpm. A de topo produz 530 cv e 265 mkgf a partir de 1.000 rpm. As duas estão disponíveis para o DAF XF nas configurações de tração 4×2, 6×2 e 6×4.

Contribui com o bom resultado o novo turbocompressor VGT, de geometria variável. A bomba de direção variável e a bomba de óleo variável de alta eficiência também são novas.

Novo DAF XF105 estreia transmissão ZF TraXon

Os executivos da marca destacaram a redução de até 14% no consumo de combustível. Isso foi possível em parte à nova relação (de 2,64:1) disponível para a versão com tração 6×2. Gerente de projeto da DAF Caminhões, Alan Messias diz que, com a nova relação de eixo traseiro mais longa, o DAF XF105 pode movimentar mais peso sem aumento do consumo.

A versão trucada conta com uma opção mais curta: de 2,85:1. Os modelos 6×4 mantiveram as relações disponíveis na geração anterior: 3,08:1 e 3,40:1.

Outra novidade é a transmissão TraXon da ZF automatizada de 12 velocidades e relações mais longas. Além de ser mais leve, a caixa conta com sistema de gerenciamento eletrônico Eco-mode. Essa solução é combinada com o Controle Preditivo de Cruzeiro, que ajusta a velocidade automaticamente conforme a velocidade do caminhão e o relevo da via. De acordo com informações da DAF, isso garante trocas de marcha mais precisa, ajustando a velocidade ao tipo de relevo.

Sistemas de segurança ativa

A DAF também passa a oferecer recursos de segurança ativa. Os novos caminhões da linha XF vêm com itens como air bag e sistema de frenagem de emergência avançada. O dispositivo eletrônico pode frear automaticamente o caminhão em caso de risco de colisão frontal.

Há também controle eletrônico de estabilidade. O sistema faz correções automáticas quando “percebe” a possibilidade de perda de controle do caminhão. isso ajuda a diminuir o risco de acidentes como o “L” da carreta, conhecido popularmente como efeito canivete.

Outro destaque é o alerta de saída involuntária de faixa de rolamento. O dispositivo alerta o motorista toda vez que o caminhão começar a invadir a outra faixa sem que as luzes de seta tenham sido acionadas. Isso costuma ocorrer em caso de distração ou mesmo sonolência.

Há ainda controle de velocidade de cruzeiro adaptativo. Basta que o motorista acione o recurso e determine a distância a ser mantida do veículo à frente. Toda vez que o trânsito fluir, o caminhão irá acelerar automaticamente. Quando o tráfego ficar mais pesado, o DAF reduzirá a velocidade de modo a acompanhar o fluxo.

O freio motor Paccar MX ficou ainda mais eficiente. Agora, a potência de frenagem é de 490 cv. A intervenção do sistema pode ser regulada em três níveis. Isso permite uma programação mais adequada de uso.

Inteligência embarcada

No pacote de tecnologias embarcadas há o Assistente de Performance do Condutor. Trata-se de um computador de bordo que interage com o motorista, fornecendo dicas e dando notas para a maneira de condução. Na prática, é uma espécie de instrutor virtual. O objetivo do sistema é garantir o máximo de desempenho com o menor consumo de combustível.

Já o Controle de Cruzeiro Preditivo é um tipo de piloto automático. Por meio do cruzamento de dados e com a ajuda do navegador GPS, o sistema identifica o tipo de relevo da via onde o caminhão está trafegando. Com isso, pode ajustar a velocidade, por exemplo, escolhendo a marcha ideal de acordo com a topografia e o peso da carga transportada.

Outra boa solução presente no novo DAF XF105 é o monitoramento de pressão dos pneus. O sistema informa por meio do  computador de bordo quando a pressão estiver diferente do parâmetro predeterminado. Com isso o motorista pode avaliar se há necessidade de calibragem ou mesmo reparo.

Há também monitoramento do nível de energia disponível na bateria. O dispositivo emite um aviso indicativo quando a carga estiver abaixo do adequado. Esse sistema colabora com o aumento da durabilidade tanto da bateria quanto dos demais componentes elétricos do caminhão.

Caminhão renovado

Os novos caminhões da DAF são oferecidos com duas opções de cabine: Space e Super Space. Nesta última, a altura interna é de 2,1 metros. O visual externo foi renovado e, além de ser mais moderno, leva em conta soluções voltadas à melhoria da aerodinâmica. Quanto menor for a resistência ao ar, menor será o consumo de combustível.

Entre os diferenciais estão o novo para-sol e a logomarca atualizada e alinhada ao padrão global da companhia. Na parte inferior chamam a atenção os novos faróis com lentes feitas de Lexan. Trata-se do mesmo tipo de material utilizado nas janelas de aviões. A novidade é útil sobretudo em operações mistas, em que o caminhão trafega também na terra. Entre os opcionais há luzes de LEDs.

O para-choque foi redesenhado e é feito de aço, o que garante maior robustez, e tem detalhes cromados. A grade dianteira também é nova. O cliente pode optar por maçanetas das portas e para-lamas pintados da mesma cor da cabine.

Por dentro do novo XF

A cabine do DAF XF também foi totalmente atualizada. Isso inclui novas opções de acabamento em tom de areia. Há ainda peças pretas ou detalhes feitos de alumínio escovado. O pacote Exclusive (de topo da linha) traz acabamento exclusivo. Nesse caso a cor é conhaque e há detalhes de alumínio escovado. O volante multifuncional passou a ser item de série..

O ar-condicionado agora é digital. E o sistema de iluminação interna passa a ter três níveis, todos com possibilidade de dimerização por meio de controles digitais. O motorista também pode personalizar a posição dos botões, priorizando os que utiliza com mais frequência no dia a dia.

A área para descanso ganhou cama com 81 cm x 220 cm. De série o colchão é de espuma de alta densidade. Mas a DAF oferece opção com molas ensacadas, bem como beliche, cortinas black out e climatizador no teto. Banco do motorista com ajuste pneumático e travas anti-arrombamento também estão na lista de opcionais.

Relevância do mercado brasileiro

Presidente da filial brasileira da DAF, Lance Walters diz que o projeto de trazer os novos caminhões XF ao Brasil teve início em 2016. Para adaptar os modelos às necessidades do País, foram envolvidas as áreas de engenharia da Holanda e do Brasil.

Sem revelar valores, Walters disse que os investimentos aplicados na chamada tropicalização dos caminhões e em ajustes na linha de montagem. Também foi necessário capacitar a rede de concessionárias nas áreas comerciais e de pós-venda, o que inclui oferta de peças e de prestação de serviços.

“O Brasil é um mercado com grande potencial e estratégico para o nosso crescimento na América do Sul. Prova disso é que, independentemente do atual cenário, foi possível manter os planos de trazer o novo XF”, diz Walters.

A DAF ocupa a segunda posição no ranking de vendas de caminhões pesados rodoviários no Brasil. O XF105 é o terceiro caminhão mais vendido, atrás dos Volvo FH 540 e 460, respectivamente. Em julho de 2020, a empresa celebrou a marca de 10 mil XF emplacados desde sua chegada ao País, em 2013.

Sobre a chegada da gama LF e a renovação da linha CF, o presidente da DAF adiantou que, no caso do LF este ano será para avaliar o mercado. Já a linha CF será atualizada e lançada em 2021.

Notícias relacionadas