Andrea Ramos

06/12/2019 - 5 minutos de leitura.

Renault Trucks 2020 chega à Europa apostando na economia de combustível

A linha Renault Trucks 2020, como modelos pesados T e T High e de distribuição D e D Wide, fica até 3% mais econômica, ganhou novos sistemas eletrônicos e acabamentos mais caprichados

Crédito: Renault Trucks/Divulgação

Acaba de ser apresentada na Europa a linha Renault Trucks 2020. Os novos modelos chegam nas versões rodoviárias e de distribuição, batizadas de T e T High  e D e D Wide, respectivamente. As principais novidades, segundo informações da marca francesa, são o menor consumo de combustível e melhorias no acabamento.

A cabine da linha T ganhou bancos com apoios de braço dos dois lados e volante com acabamento de couro. Outro item que deve agradar os motoristas é a coluna de direção, que passou a três níveis de ajuste.

A cor carbono do painel de instrumentos, as maçanetas das portas de alumínio e as soleiras de metal deram um aspecto mais requintados aos caminhões da Renault Trucks.

Além disso, a grade do radiador e os espelhos retrovisores podem ser personalizados na cor preta ou laranja (foto abaixo). A linha 2020 da Renault Trucks 2020 também ganhou opção de tanque de combustível com capacidade de 221 litros.

Linha T ganha novas cores, com o preto e o laranja destacados

 

Caminhão conectado

Outro bom opcional para a linha T e T High é a tela Roadpad. O sistema atua como assistente de bordo e inclui rádio, conexão via Bluethooth, navegador GPS e câmeras na traseira e laterais traseiras.

O painel recebeu uma tela, vendida com opcional, que lembra um tablet. Por meio desse sistema o motorista pode parear o smartphone e acessar dados como a nota-fiscal, checar mapas e conferir a rota da próxima entrega, por exemplo.

Renault Trucks 2020 mira redução de consumo

A linha rodoviária Renault Trucks 2020 tem motores DTI 11 e DTI 13. Esses propulsores podem utilizar biodiesel e XTL, combustível feito a partir de biomassas. Os caminhões da marca francesa também têm opções a gás natural (D Wide CNG) e 100% elétrica (D e D Wide Z.E.).

Para atender as normas de emissões de poluentes Euro 6, a Renault ajustou a tara dos caminhões. A marca adotou eixo de alta eficiência e freios a disco mais leves. Isso se traduziu na redução de 3% no consumo de combustível e nas emissões de CO2 em comparação com os modelos da geração anterior.

A linha 2020 da Renault Trucks oferece ainda o chamado Fuel Eco Pack. São apêndices aerodinâmicos, como um defletor de ar ajustável para o teto. O objetivo é reduzir a resistência ao ar.

Opção para distribuição

A mudança no visual foi implantada também na linha D e D Wide. Com isso, todos os Renault Truck 2020 ficaram com o visual alinhado.

A tela parecida a de um tablet ajuda o condutor nas tarefas de distribuição

 

 

 

Adequado para a distribuição, gama D tem PBT que parte de 16 t até 26 t

 

Notícias relacionadas