Últimos dias para associar a placa do caminhão ao QR-Code

Procedimento é obrigatório para completar recadastramento no RNTRC e não excluir o veículo da frota

Crédito: Wellington Pedro/ Fotos Públicas

Termina em 30 de junho próximo o prazo para os transportadores completarem o recadastramento no RNTRC, o Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas, com a vinculação do novo adesivo com QR-Code à placa do caminhão.

O procedimento é fundamental para que o veículo não seja excluído do registro, tornando-o irregular para o uso no transporte remunerado de carga. Nesse período não há custos adicionais, mas a partir de 1º de julho, além do transportador ter de pagar, terá de reiniciar todo o processo de recadastramento.

A nova identificação visual é uma das exigências da Resolução 4.799/2015 da ANTT, a Agência Nacional de Transportes Terrestres. O texto dispõe a respeito das regras de inscrição, atualização e recadastramento do RNTRC. De acordo com o documento, o procedimento estabelece três etapas: cadastro e renovação de informações em ponto de atendimento credenciado; identificação visual dos veículos, no caso o adesivo, e, em breve, a obrigatoriedade de identificação eletrônica dos veículos com as TAGS.

Os novos adesivos deverão ser colados nas duas laterais externas de cada reboque ou semirreboque e nas laterais das cabines de cada caminhão.


Notícias relacionadas