Mercedes-Benz estende serviço de diagnose para reboques

Tecnologia da conectividade permite antecipar eventuais falhas e garantir disponibilidade de toda a composição

Mercedes-Benz estende serviço de monitoramento do funcionamento do veículos para os semirreboques
Mercedes-Benz erweitert Uptime um Trailer-Umfänge: Mercedes-Benz Uptime integriert jetzt auch den Trailer Crédito: Daimler Trucks

O Mercedes-Benz Uptime, serviço de monitoramento do funcionamento do veículo, semelhante ao que a fabricante oferece no Brasil com o chamado Telediagnose, chegou aos semirreboques acoplados ao caminhão. A ferramenta agora, integrada ao sistema de gestão de frota e rastreamento Fleetboard, permite ao transportador controle sobre toda a composição veicular.

O serviço é especialmente vantajoso na busca por redução de custos operacionais e para garantir o máximo de disponibilidade do caminhão para o trabalho. Por meio de sensores e da conectividade, os dados do veículo são continuamente monitorados, interpretados em segundos e, se necessário, enviados ao gestor com recomendações para ações específicas, como sugerir um agendamento de manutenção preventiva, o que reduz a probabilidade de quebras e de veículos parados.

Com a extensão do serviço à combinação veicular, problemas que afetam o sistema de freio do semirreboque são também informados ao transportador. De acordo com a fabricante, em uma primeira fase, são verificados três sistemas principais: suprimento de ar dos freios e da suspensão pneumática, a atuação do freio e o funcionamento da tomada da carreta. Caso ocorra uma fuga de ar no circuito, a falha é detectada e imediatamente comunicada ao gestor.

As informações da carreta são monitoradas e enviadas à central pelo FleetBoard por meio da tomada convencional do reboque, interligada pelas conexões pneumática e pela eletrônica embarcada do caminhão. A fabricante lembra que o recurso estendido aos semirreboques não precisa de investimento extra um novo hardware, basta o cliente do Mercedes-Benz Uptime solicitar ativação gratuita. Por enquanto, a extensão do serviço está disponível a 17 mercados europeus.


Notícias relacionadas