e-Delivery, o elétrico verde-amarelo

Volkswagen Caminhões e Ônibus revela o primeiro modelo movido a bateria desenvolvido no Brasil

Foto: MAN Latin America

Em evento de tecnologia, o Innovation Day, promovido pela Volkswagen Truck & Bus, holding da MAN, em Hamburgo, na Alemanha, na quarta-feira, 12, a operação brasileira lançou o primeiro caminhão 100% elétrico desenvolvido no Brasil, o e-Delivery.

O modelo, da categoria leve, foi pensado para as aplicações de distribuição urbana de carga e iniciará operações em frotas de clientes da montadora a partir do ano que vem. O trem de força, desenvolvido em parceria com a Eletra, empresa nacional de São Bernardo do Campo (SP), traz motor elétrico da WEG com 80 kW, equivalente a 109 cv, com torque de 493 Nm associado a uma caixa de transmissão automática da Allison.

Segundo a Eletra, o conjunto foi desenvolvido para possibilitar o trânsito em diferentes condições. O e-Delivery pode, por exemplo, partir de rampas com inclinação de até 25 graus e subir em ruas de até 30 graus.

Para alimentar o motor, as baterias são de íon-lítio que permitem recargas rápidas de até 30% da capacidade em 15 minutos, ao longo da rota do veículo, ou recargas longas de 100%, em três horas. A autonomia, a depender da aplicação e da configuração do caminhão, é de até 200 km. O e-Delivery será ofertado nos modelos para 9 ou 11 toneladas de PBT, Peso Bruto Total.

“O e-Delivery representa um marco na história da Volkswagen Caminhões e Ônibus. Trata-se de uma plataforma totalmente nova, desenvolvida no Brasil, na busca de alternativas de mobilidade nas cidades”, destaca Roberto Cortes, presidente e CEO da MAN Latin America. “Ele (o caminhão) insere, definitivamente, a engenharia brasileira na rota global de tecnologia.”

O novo caminhão incorpora também tecnologia de freio regenerativo, possibilitando a recuperação de até 30% da energia das baterias antes do acionamento do freio mecânico das rodas. Ao mesmo tempo, o sistema Eco Drive Mode permite economizar a energia ao ajustar a demanda de corrente das baterias de acordo com o peso e as condições da carga.

Os sistemas de ar-condicionado e as bombas de água e direção também funcionam com motores elétricos, porém, independentes do sistema de tração. Eixos, suspensão, chassis, rodas e pneus são os mesmos da nova linha Delivery, compartilhando componentes comuns com a plataforma.

O resultado, segundo a Volkswagen Caminhões e Ônibus, é um veículo leve, versátil, com emissão zero de gases poluentes e do efeito estufa, além de baixíssimo nível de ruído.


Notícias relacionadas