DAF atualiza e amplia linhas CF e XF

Aprimoramento no portfólio proporcionou aos modelos vitória na eleição do Caminhão do Ano na Europa

DAF XF Foto: DAF Trucks

A DAF reformulou completamente a linha de caminhões CF e XF com novos cavalos-mecânicos e cabine-chassi. Ao todos são onze novas configurações e, de acordo com a fabricante 100 kg mais leves em relação a geração anterior, o que se traduz em aumento da capacidade para carga útil, além de 7% mais eficientes em relação ao consumo de combustível. Os novos desenvolvimentos da montadora agradaram o júri do tradicional prêmio International Truck of the Year, composto por jornalistas especializados de 23 países europeus que elegeram às linhas como caminhões do ano.

A linha agora conta novo eixo rígidos 50 kg mais leve e compacto para configurar as diversões possibilidades de tração. Em exemplo apresentado pela fabricante, montado entre o primeiro e o segundo eixo de um 8×4, o arranjo permitirá ampliar espaço para adicionar um tanque de combustível, uma caixa de ferramenta ou as pernas de apoio de uma grua.

Também, no que diz respeito a eixos, está disponível para as novas linhas um eixo traseiro direcional com sistema de direção eletro-hidráulica 30 kg mais leve. No caso, o dispositivo também calcula de maneira contínua o ângulo de direção ideal para as rodas com base na velocidade e na distância entre-eixos. Segundo a empresa, com o menor arrasto dos pneus, somente o sistema proporciona economia de 1% no consumo.

A fim de garantir mais eficiência, a montadora passou a oferecer novas relações finais de redução no eixo possa entregar mais desempenho em rotações mais baixas. Ao mesmo tempo, a montadora ampliou o intervalo de troca de óleo do componente para 3 anos ou 450.000 quilômetros rodados.

A DAF garante que as melhorias introduzidas nos chassis permitiram facilidades a instalação de implementos, com novos módulos de fixação para caixas de carga, básculas e guindastes. A plataforma tem novo padrão de furação que se prolonga pela traseira do chassi, o que torna mais rápida a montagem e economiza custos ao transportador.

Oferecido como opcional, a montadora também passou a dispor para as novas linhas de um sistema de monitoramento da carga da bateria. Por meio de sensor, o recurso avalia as condições da carga elétrica levando em consideração as condições ambientais para garantir disponibilidade do veículo.

No trem de força, as novidades ficam com os motores Paccar de 11 e 13 litros, desenvolvidos com foco na economia de combustível. Ambos receberam uma reforma completa para serem capazes de entregar eficiência em baixas rotações. Agora, o máximo de torque é obtido logo aos 900 rpm. Os motores agora também passam a funcionar com a caixa de transmissão inteligente automatizada TraXon, da ZF.

 


Notícias relacionadas